COMPROMISSO SINDICAL

Em época eleitoral em sindicato, entre outras, aflora toda nossa subjetividade, trazendo todas razões de voto de cada um. Isso pertence ao foro íntimo de cada pessoa e respeitamos.

Cabe às chapas unificadas em torno do Programa Unidade Nacional manifestar, para conforto dos eleitores, a posição de compromisso sindical:

  1. O sindicato precisa ser plural. Nele cabem todas as posições ideológicas, entre outras diversidades da nossa sociedade. Respeito à diversidade – étnica, opções sexuais, escolhas partidárias políticas, origem de locais etc., é, pois, um princípio.
  • A aceitação da diversidade, além de princípio, atende às necessidades estratégicas da entidade. As adversidades a serem enfrentadas em nossa caminhada são muitas. Para vencê-las precisaremos unir todos nós. A busca da unidade, observadas as práticas democráticas, deve ser objetivo permanente.
  • Como pluralidade, e constante no estatuto do Sinal, ele é apartidário. Ser apartidário significa também que a direção sindical deve agir dentro dessa compreensão. Seremos, se merecedores do seu voto, apartidários em nossa conduta de dirigentes.
  • Defenderemos firmemente os interesses dos servidores do Banco Central em relação a quem quer que seja e observaremos o processo democrático em nossas deliberações de categoria.
  • Tenhamos uma convivência sem ódio e sem rancores. Respeitadas as diferenças, unamo-nos pelos propósitos que nos são comuns.

Que tenhamos um processo eleitoral edificante e compatível com a grandeza de sermos servidores do Banco Central. Dispomo-nos a ser capazes de bem representá-los.

É o nosso Compromisso Sindical.

Chapas:

Muda Sinal! – São Paulo

Novo Sinal – Rio de Janeiro

Representatividade e Modernização Sindical – Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *